O site para a mulher que gosta de cuidar com carinho da sua família.

HOME FAVORITOS PUBLICIDADE DIVULGUE ENVIE SUA DICA CONTATO

BELEZA

 
 
 

.

 

.

Saiba o perigo de certos alimentos

 

 BATATA-FRITA PODE DOBRAR RISCO DE CÂNCER

Alimentos como a batata-frita pode dobrar a chance de câncer de útero ou ovário. "Certos alimentos quando são fritos, grelhados ou assados produzem uma substância química chamada acrilamida que quando ingerida em grande quantidade aumenta o risco de câncer", explica o nutrólogo Maximo Asinelli.

Para se ter uma idéia, os alimentos que ganham uma cor mais para o marrom ou que queimam durante o processo de preparação têm mais probabilidade de conter acrimalidas. Porém, é praticamente impossível eliminá-las totalmente da dieta.

Meio pacote de bolachas ou uma porção de batata-frita equivale a 40 mg da substância. E mulheres que ingerem esta quantidade de acrimalida têm, provavelmente, duas vezes mais riscos de desenvolver câncer no útero ou ovário.

"Apesar de não se ter certeza das conseqüências desta substância, é aconselhável uma dieta equilibrada sempre, com muitas frutas e legumes, pouca fritura e gordura. Assim, evitam-se doenças e vive-se melhor", recomenda Dr. Maximo Asinelli

*******

Por que é impossível parar de comer certos alimentos?

Hamburguer, sorvete, pizza, pipocas, chocolate, biscoitos e outros alimentos gordurosos, ricos em gorduras saturadas, não têm um efeito negativo só na aparência estética.
Certos tipo de gordura atuam diretamente no cérebro, impedindo que a sensação de saciedade chegue às células do corpo e fazendo você comer mais do que deveria.

Nutricionistas explicam que, quando ingerimos os alimentos, eles são digeridos, metabolizados e absorvidos pelo nosso organismo. No momento que os nutrientes são carregados para a circulação sanguínea, os hormônios entram em ação e levam uma mensagem para uma região do cérebro chamada hipotálamo. Lá ela é decodificada e o cérebro emite para o resto do corpo uma resposta de satisfação. Ou seja, você pode parar de comer, porque já basta.

Porém estes alimentos, ricos em gorduras saturadas, conseguem enganar este mecanismo e continuamos a comer.

Já os alimentos ricos em fibra, como frutas, verduras, legumes, aveia e grãos, alimentos integrais em geral geram no cérebro uma resposta mais verdadeira, de que o corpo está satisfeito. Mas a população está cada vez mais habituada a comer alimentos com gordura saturada.
 

 

.

 

 

.

 

 


.

 
 

.


 

 
esportes e fitness